Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

54 HORAS EM TRANCOSO: UM GUIA PARA DESVIAR DO JETSET NA PRAIA MAIS PERFUMADA DO SUL DA BAHIA.

A praia mais concorrida, cara e grifada da Bahia ainda reserva, nas entrelinhas, lugares charmosos, pé no chão (de areia) e que não vão esfolar o seu cartão de crédito.

 

 

 

Definida pela revista Vogue America como “a resposta brasileira a Tulum” (em referência à praia mais jetsetter do Caribe mexicano), Trancoso ainda pode ser o que sempre foi: um vilarejo low profile à beira de uma falésia. É certo que, na alta temporada, revoadas de celebridades – Leonardo diCaprio, você por aqui? – dão as caras, e os preços assustam até habitués da Côte D’Azur. Mas, buscando nas entrelinhas do Quadrado (que, danado, já foi cenário até de clipe da Beyoncé), ainda é possível encontrar lugarzinhos charmosos que mantêm os pés no chão e o elo perdido com o reduto hippie dos anos 1970. A seguir, 54 horas em Trancoso pra pessoas de carne e osso, como eu e você.

 

 

 

 

 

DIA 1

 

 

 

18H • A VIBE DE TRANCOSO: CADA UM NO MESMO QUADRADO

 

O Quadrado é a mais completa tradução de Trancoso, com sua “simplicidade” convertida em commodity. Por trás das fachadas singelas, há lojas grifadas, restaurantes chiques e cômodos decorados por arquitetos famosos. Mas, nas aparências, tudo segue como antes: molecada jogando bola, iluminação sutil e a igrejinha centenária com suas bandeirinhas ao vento. E você não paga nada pra andar de lá pra cá, lamber vitrines, ler as plaquinhas que contam a história de cada casa. Depois do rolê, veja o entardecer no Mirante do Quadrado, onde sempre aparecerá um vendedor simpaticão pra salvá-lo de uma selfie – “sorria gostoso, você está em Trancoso, sorria de lado, você está no Quadrado”. 

 

 

 

 

Casa Gulab Mahal, da Pousada Uxua, em Trancoso, na Bahia | Foto: Divulgação

 

 

 

21H • ONDE COMER SEM GASTAR MUITO NO QUADRADO: TAPIOCA DE RESPEITO

 

Todo mundo que é alguém em Trancoso tem um pé nas imediações do Quadrado: a pousada Uxua (uxua.com), a chef Morena Leite (Capim Santo), o chef Fernando Droghetti (Jacaré do Brasil)... Mas você também pode fartar-se de simplicidade-raiz devorando uma colossal Tapioca Da Elma (@tapiocadaelmatrancoso), que desfila o seu talento numa barraquinha logo na entrada da praça. Pra molhar a garganta, peça um drinque no vizinho Val, que carrega cachaças artesanais, gins importados e outros tesouros em seu carrinho. 

 

 

 

DIA 2

 

 

 

10H • CAMINHADA PELAS PRAIAS DE TRANCOSO: DO TAIPE AO RIO VERDE

 

Uma longa praia amarada pela falésia é o parque de diversões de Trancoso. Dando o melhor de si na maré baixa, ela vai mudando de nome e de vibe. Do norte ao sul: Taipe, Rio da Barra, Pequeno, Praia das Tartarugas, dos Nativos, dos Coqueiros, do Rio Verde. Caminhe em busca de uma pra chamar de sua.

 

 

 

 

Praia dos Nativos, em Trancoso, na Bahia: pra não ver nem ser visto | Foto: Alberto Brandão Louro/iStock

 

 

 

13H • EXPERIÊNCIA GASTRONÔMICA EM TRANCOSO: ALMOÇO NA FLORESTA

 

Reserve a experiência gastronômica da viagem para o Floresta (@floresta_trancoso). A ideia é mais uma do midas Fernando Droghetti, o homem por trás do Jacaré do Brasil. Numa casa de colonos reformada, o restaurante pilotado pela chef Jandira Figueiredo serve comida caseira com um toque indígena pra grupos pequenos, em meio a um seringal na Fazenda Rio da Barra. É imprescindível fazer reservas pelo whatsapp 73 9980-42323.

 

 

 

16H • COMPRAS EM TRANCOSO: LOJINHAS COM SABOR LOCAL

 

Com potencial pra fazer estrago no seu cartão de crédito, o Quadrado tem lojas cheias de personalidade — além de grifes que você encontra em qualquer cidade grande. Pra montar a casa de praia dos sonhos, a Divino’s (@divinostrancoso) tem almofadas, luminárias, redes, bijuterias, peças de cerâmicas e outras maravilhas escolhidas a dedo, em boa parte produzidas por artistas locais. Na mesma pegada, a Cheia de Graças (fb.com/cheiadegracas) também tem ótima curadoria. Outra que não pode faltar na rota das comprinhas é a Cerâmica Calazans (fb.com/ceramica.trancoso), onde você encontra as típicas casinhas de Trancoso e outros badulaques.

 

 

 

 

Entrada do restaurante Floresta, em Trancoso, na Bahia: do mesmo dono do Jacaré do Brasil | Foto: Divulgação

 

 

 

21H • RESTAURANTE BOM E BARATO NO QUADRADO: SIMPLES ASSIM

 

Na boca do gol, na entrada do Quadrado, o Encontro dos Amigos (fb.com/encontrodosamigostrancoso) é um porto seguro pra comer e beber bem sem gastar muito. Com atendimento simpático e mesinhas na rua, serve moquecas e bobó em porções generosas, além de petiscos caprichados. Também é o lugar ideal pra ver o vaivém e ficar por dentro daquele forró ou luau que vai rolar mais tarde. 

 

 

 

DIA 3

 

 

 

8H • SANTO CAFÉ: PRO DIA NASCER FELIZ

 

Comece o dia com um café bem tirado no Santo Café (@santocafetrancoso). Na entrada do Quadrado, também pode ser um lugar estratégico pra uma fome fora de hora ou um docinho. Tem mesinhas de madeira, wi-fi eficiente e potencial pra reunir nômades digitais numa manhã de trabalho.

 

 

 

10H • PASSEIO DE BATE-VOLTA EM TRANCOSO: ROLÊ ATÉ A PRAIA DO ESPELHO

 

Cerca de 20 quilômetros ao sul de Trancoso, a Praia do Espelho é um dos trechos mais bonitos do litoral baiano. Faça qualquer coisa pra estar lá no auge da maré baixa, quando a praia fica pontilhada de piscinas naturais. Pra escapar da multidão que aparece pra passar o dia, vá de carro alugado e fique até a praia esvaziar. Enquanto isso não acontece, caminhe em direção ao condomínio Outeiro das Brisas (@pousadaouteiro), onde costuma haver espaço e sossego de sobra.

 

 

 

Praia do Espelho, na Bahia: a 20Km do centro de Trancoso | Foto: Cristian Lourenço/iStock

 

 

 

14H • ONDE COMER NA PRAIA DO ESPELHO: O MUNDO DE SILVINHA

 

Antes de ir até o Espelho, faça a sua lição de casa e reserve mesa no Restaurante da Silvinha (73 9998-54157), uma verdadeira instituição local, que serve uma cozinha tailandesa abaianada, de frente pro rio, num dos pedaços mais lindos da praia. 

 

 

 

16H • A MELHOR VISTA DA PRAIA DO ESPELHO: DO ALTO É QUE SE VÊ

 

Encontre a falésia atrás das barracas concentradas na Praia do Espelho e faça a digestão subindo até o alto, de onde você conseguirá tirar a foto mais espetacular da região — e, a essas horas, com a faixa de areia praticamente livre até onde a vista alcança. 

 

 

 

20H • ONDE COMER EM TRANCOSO: COMIDA RÁPIDA E GOSTOSA

 

De volta a Trancoso, descomplique a sua vida jantando no Rabanete (antigo Portinha; restauranterabanete.com.br), que tem um ótimo bufê de comida brasileira, com saladas e receitas saudáveis incluídas no menu. E, caso bata aquela necessidade de uma pizza ou um hambúrguer respeitável, toca pro Bem Te Vi (@bemtevitrancoso), que costuma ficar aberto e movimentado até a hora da saideira.