Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

As melhores cachoeiras de Ubatuba

Três ideias para esfriar a cabeça rodeado pela Mata Atlântica no Litoral Norte de São Paulo

Além de ter um menu de praias inesgotável, Ubatuba, no litoral norte de São Paulo, também é varada por uma quantidade enorme de trilhas – fáceis, difíceis e intermediárias – que levam a cachoeiras imersas na Mata Atlântica. Serpenteando pela Rio-Santos, você verá incontáveis quedas d’água e muitas placas apontando para outras quantas. Mas, se tiver pouco tempo, comece pelas melhores:

 

 

Cachoeira do Prumirim, em Ubatuba - imperdível | crédito: Bruna Rodrigues - istock

 

Cachoeira do Prumirim

 

Fica 2 km ao norte da Praia do Félix, no caminho da Praia do Prumirim. Evite deixar o carro no acostamento para não ser multado – há estacionamento privado – e pegue a trilha que leva a uma sequência de quedas suaves e poços pra nadar. Um hotel cheio de estilo nessa região, ao norte de Ubatuba, é o Banana Bamboo Ecolodge, que tem biopiscina e fica muito perto de outra cachoeira, a da Laje.

 

Cachoeira do Ipiranguinha

Pra quem fica na região central de Ubatuba, a melhor pedida pra esfriar a cabeça quando o calor aperta é a cachoeira do bairro Ipiranguinha, que fica em uma propriedade particular, com fácil acesso pela Rodovia Oswaldo Cruz SP-125, no fim da Rua da Cascata. Tem uma queda de 7 metros e piscina natural com “escorregador” na pedra lisa. Faz sucesso com as famílias. Uma hospedagem estratégica na região é a Pousada Jamboo, em Itaguá, com spa e piscina.

Cachoeira da Água Branca

 

No sul de Ubatuba, essa cachoeira escorre por um paredão de cerca de 180 metros de altura – a maior queda d’água do estado de São Paulo. Dentro do Parque Estadual da Serra do Mar, a trilha é longa – quase 9 km (ida e volta) –, porém linda. A dica é sair bem cedo e ir parando sem pressa. O caminho tem várias cachoeiras pequenas, lugares para nadar e muita paz para observar a Mata Atlântica e a fauna. Pra não perder tempo, fique hospedado bem perto do começo da trilha, na Vila Sapê, pé na areia, na praia da Maranduba.

 

Compartilhe este artigo