Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

ROTA DOS PARAÍSOS: AS MELHORES DICAS PRA VOCÊ APROVEITAR O VERÃO EM SÃO SEBASTIÃO E ILHABELA, NO LITORAL NORTE DE SÃO PAULO

 

Praias escondidas, picos de surf, aulas de yoga, hoteis, pousadas e muito mais para você curtir a melhor estação do ano ao ar livre e com distanciamento social e segurança.

 

O verão é muito mais do que uma estação. É um estado de espírito. Nos meses mais quentes do ano, viver ao ar livre ganha um novo sentido, assim como descobrir os destinos mais solares do Brasil. No litoral norte de São Paulo, São Sebastião e Ilhabela somam 230km de costa, onde estão mais de 70 praias perfeitas para surfar, mergulhar, praticar esportes, meditar e espairecer. A região ainda tem uma das principais reservas de mata atlântica do país (na Ilhabela, por exemplo, 85% do território é preservado por um parque estadual), com centenas de rios, cachoeiras e trilhas rodeadas pela flora e a fauna. Se você está precisando (e merecendo) fugir da cidade em busca de isolamento, é o refúgio sob medida pra respirar ar puro e mover o corpo a céu aberto.

 

 

ILHABELA

 

Ilha das Cabras, em Ilhabela: destino predileto de mergulhadores | Crédito: Pedro Turrini/iStock

 

ILHA DAS CABRAS: OS MELHORES PICOS DE MERGULHO NA ILHABELA

Um dos melhores pontos de mergulho de São Paulo, a Ilhabela tem tradição no esporte e boas possibilidades pra quem quer se aventurar ou aprender. As empresas costumam levar os mergulhadores credenciados a vários picos nas costas norte e sul. Mas o cartão-postal subaquático local é a Ilha das Cabras, uma ilhota pedregosa e extremamente fotogênica. O esquema geralmente inclui dois cilindros por saída. Também é possível fazer batismo (mergulho acompanhado de um instrutor em até 12 metros de profundidade) e cursos, em centros como o Oceano Sub (@oceanosub) e o Narwhal (@narwhal_mergulho).

 

O multiatleta Paulo dos Reis: medalhas de wind, sup e canoa polinésia | Crédito: Reprodução

 

DE CANOA POLINÉSIA COM O MULTIATLETA PAULO DOS REIS

Baiano criado em Ilhabela, Paulo dos Reis é um dos ícones da capital da vela. Campeão mundial de Formula Windsurf, Paulão também faturou o brasileiro de SUP Race e, nos últimos anos, vem acumulando títulos na canoa polinésia (ou havaiana). Entre uma competição e outra, o multiatleta pilota a escola Dos Reis VA’A (@dosreisvaa). Com sede na Praia da Armação, tem cursos em vários níveis e organiza travessias de 35km a 80km, com barco de apoio, que podem chegar até a Praia do Bonete. Quem nunca remou uma va’a pode participar da Canoa Experience. “É uma vivência com remada de uma hora em que também contamos a história milenar da canoa, que é a mãe de todos os esportes aquáticos”, diz Paulão. 

 

Vista do alto do Pico Baepi, em Ilhabela: 7,5km de caminhada até o cume, a 1.048 metros | Crédito: Igorh84/Creative Commons

 

TRILHA DO PICO BAEPI: O MIRANTE 360º DA ILHABELA

Pra quem curte um desafio, a trilha do Pico do Baepi é um prato cheio. São 7,5km com subidas de arder a panturrilha e escadinhas no meio da mata até chegar ao sétimo pico mais alto da Ilhabela, a 1.048 metros de altitude. O caminho rende uma imersão e tanto na natureza, entre jequitibás, figueiras, bromélias e helicônias, além de vários pássaros e outros animais nativos. Bem sinalizado, o trajeto é mais duro na reta final. Mas tudo vale a pena, diante da vista de quase 360º. Nos dias claros, dá pra ver a Serra do Mar, o Arquipélago de Alcatrazes e a imensidão verde da ilha, que tem 85% de seu território preservado por um parque estadual. 

 

O centrinho à beira-mar de Ilhabela: arquitetura colonial e lojas e cafés charmosos | Crédito: Diego Grandi/iStock

 

O CHARME DO CENTRO HISTÓRICO DE ILHABELA

Com sua arquitetura colonial e ares de cidade do interior, a Vila é o centrinho mais charmoso do litoral paulista. Perfeita pra um rolê sem pressa no fim da tarde, esconde dezenas de lojinhas, cafés e outras surpresas por trás de suas fachadas bem conservadas, que se enfileiram em ruas de paralelepípedos. Entre as lojas, vale conferir as peças de artesanato local e de decoração da Teiú (@teiuarte) e os biquínis da Summer House (@summerhouseilha), marca que nasceu na Ilhabela.

 

Kitesurf na Praia da Armação, em Ilhabela | Crédito: Luciano Marques/iStock

 

VENTOS DO NORTE: KITESURF NA PRAIA DA ARMAÇÃO, EM ILHABELA

Ponto de encontro da galera do velejo, a Praia da Armação é uma pequena faixa de areia dourada com mar calminho e alto-astral. Lugar favorito do campeão olímpico Robert Scheidt e de outras lendas do mundo da vela, é a principal base de lançamento de kitesurf da Ilhabela e sede da escola de iatismo BL3 (@bl3escoladeiatismo), que tem cursos de várias modalidades, aluguel de equipamento e um barzinho simpático. Se o vento parar, aproveite pra dar um rolê (andando ou nadando) até a linda vizinha Praia do Pinto.

 

Castelhanos, em Ilhabela, vista do alto: baía em forma de coração | Crédito: @castelhanosturismo

 

PRAIA DE CASTELHANOS: CACHOEIRA, OFF-ROAD E SURF

Em uma baía em forma de coração voltada ao mar aberto, boa pra surfar, a Praia de Castelhanos é praticamente intocada e, pra muitos, a mais bonita da ilha. Cortando o parque estadual ao longo de 15km, a estrada até lá é off-road, acessível só de 4X4. Com a Castelhanos Turismo (@castelhanosturismo), o itinerário inclui parada na linda Cachoeira do Gato. Pra clicar o melhor ângulo, a boa é subir até o Mirante do Coração, no lado direito da faixa de areia. Leve litros de repelente pra enfrentar os borrachudos. Outra opção é pegar um passeio de barco, com pit stop na Praia da Fome e no Saco do Eustáquio. 

 

O Hostel da Vila Ilhabela | Crédito: Reprodução

 

 

ONDE SE HOSPEDAR NA ILHABELA:

 

PRAIA DO BONETE

// Hostel da Vila Bonete (@vilabonete)

 

VILA

// Hostel da Vila Ilhabela (@hosteldavilailhabela)

 

PRAIA DO CURRAL

// Dpny Hotel (@dpnybeach)

 

 

A chef Renata Vanzetto, que acabou de inaugurar o restaurante Pescadora em Ilhabela | Crédito: Victor Affaro/The Summer Hunter

 

10 ACHADOS GASTRONÔMICOS DA CHEF RENATA VANZETTO EM ILHABELA

Criada na Ilhabela, Renata Vanzetto abriu seu primeiro restaurante aos 18 anos, na antiga garagem de barcos da família. No mesmo lugar onde tudo começou, ela acaba de inaugurar o Pescadora – Cozinha do Mar (@pescadoracozinhadomar). A seguir, a chef do Ema e do Muquifo (entre outros) revela onde curte comer quando está na ilha.

 

MELHOR CASQUINHA DE CAMARÃO

// Viana (@vianailhabela)

 

ITALIANO COM CHARME

// Famiglia Manzoli (@famigliamanzoli)

 

JAPA INFALÍVEL 

// Takê (@otakeilhabela)

 

PIZZA NO CAPRICHO

// Mozzarello (@mozzarellopizza), O Caminho da Pizza (@ocaminhodapizza) e El Pirata (@elpirata.pizza)

 

DOCES PRAZERES

// Torta de maçã da Comidaria Donnabella (@donnabella_comidaria)

 

BANQUETE DE FRUTOS DO MAR

// Polvo com batatas do Ilha Sul (@ilhasulrestaurante)

 

CAFÉ FAVORITO 

// Da livraria Ponto das Letras (@pontodasletrasilhabela)

 

SORVETE PERFEITO 

// Gelateria Tradizionale (@gelateriatradizionale)

 

Sombra e água fresca na Praia do Bonete, em Ilhabela | Crédito: Renato Trentin/Unsplash

 

NA PRAIA DO BONETE, ROLÊ SEM LUZ ELÉTRICA, SEM 4G, SEM STRESS

No extremo sul da Ilhabela, o Bonete é um mundo à parte. Habitada por uma comunidade de pescadores, a praia só é acessível por barco ou trilha. Pra quem vai a pé, a caminhada de 12km é uma atração em si. O trajeto tem subidas que exigem preparo físico, mas o esforço é recompensado com banhos nas cachoeiras da Laje, Areado e Saquinho. Vá em um dia de sol: o caminho é aberto e bem sinalizado, mas pode ficar escorregadio quando chove muito.

 

Praia do Jabaquara, em Ilhabela | Crédito: Ana Carolina/Unsplash

 

ESFORÇO ZERO E SOSSEGO NOTA 10 NA PRAIA DO JABAQUARA

Última praia da costa norte acessível pela estrada, a do Jabaquara é uma das mais bonitas e preservadas da ilha. Cortada por dois riachos perfeitos pra tirar o sal, tem água translúcida e uma vibe sempre tranquila. Do mirante no lado esquerdo se tem a melhor vista pra pequena faixa de areia clara, cercada de vegetação densa. Na volta ao centro, no fim da tarde, pare na Praia da Siriúba pra tomar uma “caiçarinha” de cachaça mineira no Balena Club (@balenaclub), um beach club com charme pseudorrústico, com mesas pé na areia cercadas de coqueiros.

 

A Cachoeira de Paquetá, e Ilhabela, e sua “infinity pool” | Crédito: Leo Araujo7/istock

 

INFINITY POOL NATURAL NA CACHOEIRA DE PAQUETÁ

Pra chegar à cachoeira mais instagramada de Ilhabela, é preciso fôlego e um pouco de espírito de aventura, já que a trilha, no meio da mata, tem alguns trechos íngremes na reta final. Vá sem pressa (e de tênis), parando pra esfriar a cabeça em dois poços cristalinos ao longo da caminhada. No alto da Cachoeira de Paquetá, uma piscina natural com efeito de borda infinita revela aquela vista pro mar, com garantia de chuva de likes. Pra agilizar a descida, escorregue pelo tobogã aquático formado pela correnteza na pedra lisa. O começo da trilha fica perto da linda Praia do Curral, onde vale tomar uma Corona gelada com os pés na areia, no Papagaio (@papagaio.ilhabela).

 

---

 

SÃO SEBASTIÃO

 

PLAYGROUND NATURAL NO SERTÃO DA BARRA DO UNA

O sertão da Barra do Una é um enorme playground ao ar livre, que avança por uma área protegida pelo Parque Estadual da Serra do Mar. Perfeita pra uma caminhada sem stress, que não requer um grande condicionamento físico, a Trilha dos Poções passa por três grandes piscinas naturais e várias outras “banheirinhas” pra esquecer do mundo. Outra boa pedida ali por perto é pegar a trilha que leva às cachoeiras do Escorrega e do Guarda-Chuva. A Raízes Aventura (@raizesaventura) organiza roteiros guiados pela região. 

 

Yoga com Ju Peres em Maresias | Crédito: Reprodução

 

YOGA E GOOD VIBES EM JUQUEHY E MARESIAS

Pro dia nascer feliz, comece com uma prática de yoga. Com espaço próprio próximo da cachoeira de Maresias, Juliana Peres (@julianaperesterapias) também atende em domicílio em Camburi e na Baleia. Especialista em naturologia, ela faz bambooterapia e aplica massagens. Instrutora de Hatha e Ashtanga yoga, Thais Nobre (@thaisnobre.yoga) dá aulas em Juquehy. 

 

ÁGUA DOCE: CIRCUITO DE CACHOEIRAS EM BOIÇUCANGA

No final da Estrada do Cascalho, a Trilha do Ribeirão de Itu é uma ótima pedida pra mergulhar na mata atlântica e desconectar da ferveção (pra fugir da muvuca, evite o programa nos fins de semana de verão e feriados). Cerca de duas horas de caminhada levam a três cachoeiras. A mais acessível é a da Pedra Lisa, que tem uma piscina funda, com uma queda d’água respeitável. Mais adiante, estão a da Serpente, com várias “banheirinhas” pra se jogar, e a da Samambaiaçu, onde a água escorre com força de uma altura de 20 metros. Leve repelente. 

 

Gabriel Medina: fã da temida “coco loco” de Paúba | Crédito: Arquivo Pessoal

 

AS ONDAS PREDILETAS DE GABRIEL MEDINA

“Gosto muito de surfar na Praia de Maresias, minha casa, onde um dia perfeito precisa ter sol, altas ondas e a minha família. Mas Paúba, a praia vizinha, tem uma onda incrível que me desafia”, diz Gabriel Medina, bicampeão mundial de surf, nascido e criado em Maresias. Famosa pela temida “coco loco”, uma formação forte e tubular que quebra no rasinho, Paúba é altamente contraindicada pra iniciantes no surf.”

 

O Ilha de Toque Toque Hotel, que fica na praia de Toque-Toque Grande | Crédito: Divulgação

 

ONDE FICAR EM SÃO SEBASTIÃO: HOSTEL, HOTEL OU POUSADA? 

 

BARRA DO SAHY

// Drifter Hostel (@drifterhostelsahy)

// Pousada da Foca (@pousadadafoca)

 

BALEIA

// Pousada Azul Maria (@azulmariapousada)

 

JUQUEHY

// Chez Louise et Louis (@chez_louiseetlouis)

// Pousada Bico Verde (@pousadabicoverde)

// Pousada Moryba (@pousadamoryba)

// Pousada Villa Marítima (@pousadavillamaritima)

// Pousada Tupinambá (@pousadatupinamba)

 

CAMBURI

// Nau Royal Hotel Spa (@nauroyal)

// Hostel Royal (@hostelroyalcambury)

 

CAMBURIZINHO

// Laika Hostel (@laikahostel)

 

MARESIAS

// Hotel Maui (@mauimaresias)

// Amora Hotel (@amora.hotel)

 

PAÚBA

// Porto Paúba Flats (@portopauba)

// Ciribaí Praia Hotel (@ciribaipraia)

 

TOQUE-TOQUE GRANDE

// Ilha de Toque Toque Hotel (@ilhadetoquetoque)

 

UMA PRAIA SECRETA EM TOQUE-TOQUE GRANDE

Predominantemente residenciais, Toque-Toque Grande e Guaecá estão entre as praias mais tranquilas de São Sebastião. No meio do caminho entre as duas, fica um dos segredos do litoral norte. Com areia dourada, água cristalina e cercada pela mata atlântica, a Praia da Pedra Escondida é totalmente selvagem e, de bônus, tem vista pra Ilhabela. Pra chegar lá, reforce o repelente e siga pela trilha de cerca de 1km, que sai do Mirante do Canal, na Rio-Santos.

 

Rapel de 10 metros com vista pra Páuba | Crédito: @maresiastur

 

DE MARESIAS A PAÚBA DE RAPEL

Uma das trilhas mais fotogênicas do litoral norte fica entre Maresias e Paúba, subindo morro acima, num total de 2km. Ao longo da caminhada, vários mirantes revelam vistas panorâmicas para as duas praias. O trajeto ainda passa pela Praia dos Pescadores (ou Prainha), quase secreta, que costuma ficar tranquila até nos feriados. Com a Maresias Tur (@maresiastur), o passeio inclui rapel de 10 metros num mirante com vista pra Paúba.

 

PEDAL PARA INICIANTES EM JUQUEHY

Em menos de 15km, o pedal de Juquehy até a Jureia atravessa quatro praias sem precisar pegar a Rio-Santos. Saindo de Juquehy rumo ao sul, o caminho passa por alguns mirantes até cruzar, por uma ponte, para a Barra do Una. Seguindo por estradinha de terra, chega-se à tranquilíssima Praia do Engenho. No fim da faixa de areia, é hora de descer da bike pra caminhar por uma trilha curta que dá na Praia da Jureia. 

 

A fotógrafa Suellen Nóbrega: Gauecá para momentos introspectivos | Crédito: Arquivo pessoal

 

A ROTA DE FUGA DA FOTÓGRAFA DE SURF SUELLEN NÓBREGA

“Maresias é uma praia cinematográfica, que tem muitos ângulos bons de fotografar, com coqueiros, natureza, água clara e altas ondas pro surf, incluindo tubos e tudo o mais. Moro no paraíso, mas quando quero ficar um pouco sozinha, eu gosto de ir pra Guaecá, que é uma praia mais tranquila, ou até a Cachoeira de Boiçucanga, onde rola uma energia diferente da do mar.” 

 

MONTÃO DE TRIGO: ILHA DOS MISTÉRIOS

A 14km da costa, a Ilha do Montão de Trigo é cercada de mistérios. Ninguém sabe ao certo como os primeiros moradores foram parar lá, há mais de dois séculos. Mas há quem acredite que os “monteiros”, que vivem da pesca artesanal, são descendentes de sobreviventes de um naufrágio. Além de ser um dos melhores pontos de mergulho com snorkel da região, também tem lindas piscinas naturais em seu costão rochoso. Agências de Juquehy e Barra do Una organizam transporte e passeios até lá.

 

Anna Laura Wolff: SUP no rio e meditação na praia em Juquehy | Crédito: arquivo pessoal

 

UM DIA PERFEITO EM JUQUEHY, PELA PRODUTORA DE CONTEÚDO ANNA LAURA WOLFF

 

7H • MEDITAÇÃO NA PRAIA

“Aproveito pra caminhar, meditar na areia e dar um mergulho no mar bem cedo. Esse horário costuma ser tranquilo até no Réveillon.”

 

9H • SUP NO RIO

“O rio do canto esquerdo é perfeito pra praticar stand-up paddle e ver tartarugas”, diz Anna. Quando está na disposição, ela também rema até a ilhota de pedras de Cambaquara.

 

 

12H • ALMOÇO PÉ NA AREIA

Na frente da praia, o Badauê (@restaurantebadaue) é o preferido de Anna. “Sempre peço robata ou palmito pupunha assado pra acompanhar a Corona gelada.”

 

15H • COMPRINHAS CRIATIVAS

Anna garimpa alguns de seus looks praianos no Ateliê Cecí (@ateliececi), que vende biquínis, maiôs, cangas e acessórios com cara de verão.

 

 

18H • FIM DO DIA INSTAGRAMÁVEL

“O pôr do sol no Mirante da Barra do Una rende bons cliques”, diz a fotógrafa, que tem mais de 500k seguidores no Instagram.

 

BARRA DO SAHY: SUNSET E SUP ENTRE AS ILHAS E O CONTINENTE

Diante da Barra do Sahy, a 1,5km da costa, As Ilhas formam um dos cenários mais cinematográficos do litoral norte, seja pra quem curte o visual de longe, em restaurantes como o Barco Ilhas (@barcoilhas), seja nas suas faixas de areia branquíssimas e intocadas. No fim da tarde, a luz dourada faz a paisagem ficar ainda mais mágica. Zarpando do Sahy, uma remada de caiaque ou SUP pelo canal formado entre As Ilhas e o continente rende uma experiência memorável. É recomendável fazer o passeio em dias de mar calmo. 

 

Vista panorâmica das praias de Guaecá e Barequeçaba ao pôr do sol | Crédito: Juliana Azevedo

 

PÔR DO SOL NO MIRANTE DE BAREQUEÇABA

Um dos mirantes mais estratégicos do litoral norte fica na ponta da península que separa Guaecá de Barequeçaba. Com fácil acesso de carro, tem vista panorâmica para as duas praias e Ilhabela. Leve uma Corona pra ver o pôr do sol em alto estilo. 

 

PARAGLIDER EM BOIÇUCANGA

Sobrevoar um dos trechos mais bonitos do litoral do Brasil sentindo o vento no rosto é a rotina de Giancarlo Giusti (@giancarlogiusti31). Instrutor de paraglider, ele faz voos duplos partindo de Boiçucanga. A aventura começa com uma explicação geral de todos os procedimentos, seguida de um treinamento pra corrida na rampa de decolagem. Depois, é só tirar os pés do chão, deixar o controle na mão do “piloto” e curtir o visual das praias de Boiçucanga e Camburi. O pouso, suave, acontece na areia de Boiçucanga. 

 

ALTAS ONDAS E SOSSEGO NA PRAIA BRAVA DE MARESIAS

Entre Boiçucanga e Maresias, a Praia Brava não tem esse nome à toa. Tanto é que quase todo mundo que se vê pela trilha íngreme de 2km leva uma prancha na mão. A quem não surfa, os melhores estímulos pra encarar a caminhada (e os borrachudos) são a pequena cachoeira de água fresquinha no canto direito e a garantia de distanciamento social até na alta temporada. 

 

Trecho do Rio Cubatão, na Barra do Una | Crédito: Andre Marinst/iStock

 

OS SEGREDOS DO RIO CUBATÃO EM BARRA DO UNA

O passeio da Greenway (@greenwaybrasil) de canoa canadense parte do rio escuro que dá nome à Barra do Una e, depois de fazer a volta em uma ilhota fluvial, segue pelo rio Cubatão. A cada remada, a água fica mais clara e translúcida, a ponto de dar pra ver o fundo. Cercadas pela mata atlântica densa, as margens escondem várias prainhas fluviais de areia, pra descansar, nadar e respirar ar puro. Em algumas delas, rola até fazer skincare natureba, com argilas coloridas que têm propriedades terapêuticas. 

 

REMANDO DE CANOA HAVAIANA NA ILHA DAS COUVES

Posicionada entre a Barra do Sahy e a Praia da Baleia, a Ilha das Couves é um pedacinho de terra totalmente intocado e coberto de vegetação. Chegar lá de canoa havaiana tem gosto de desafio e pode ser uma boa pra um dia entre amigos ou pra conhecer outras pessoas que curtem praticar esportes em equipe. A Mundo Outrigger (@mundo.outrigger.juquehy) organiza remadas partindo de Juquehy, entre outras experiências a bordo de uma va’a (nome da canoa para os havaianos).

 

EM CALHETAS, UMA PRAIA DIGNA DE PINTEREST

Entre Toque-Toque Grande e Toque-Toque Pequeno, a Ponta de Calhetas é conectada ao continente por um istmo que esconde uma pequena faixa de areia. O acesso é feito por um condomínio particular na altura do km 144 da Rio-Santos. Nos fins de semana de verão e feriados, estacionar nos recuos da estrada é difícil (fique esperto: parar no acostamento é multa na certa). Deixe o carro em Toque-Toque Grande e caminhe 20 minutos até o início da trilha. 

 

O longboarder Carlos Bahia: mountain bike em dias de mar flat | Crédito: Arquivo pessoal

 

02 PERGUNTAS PARA CARLOS BAHIA, BICAMPEÃO BRASILEIRO DE LONGBOARD

 

QUAIS AS MELHORES ONDAS PRA SURFAR DE LONGBOARD NO LITORAL NORTE? 

Maresias, onde moro, tem qualidade de ondas em todas as formas e, pra mim, é a número um. Mas adoro sair de madrugada e ir até a Praia da Baleia, que tem areia batida e uma onda mais gorda, ótima pra longboard. De quebra, a paisagem é linda, com várias ilhas na frente.

 

O QUE FAZER EM UM DIA SEM ONDA?

Pedalar de mountain bike de Maresias até Guaecá, uns 40km ida e volta, entre pista e trilhas. O trecho entre Maresias e Paúba é bom pra fazer off-road e a trilha de Calhetas também, ainda que não seja pra iniciantes. O visual é incrível! Também dá pra ir de bike até a Praia Brava, entre Maresias e Boiçucanga. Pra quem quiser passeio guiado, indico a Maresias Tur. 

 

O camarão na moranga do Taioba Gastronomia, em Camburi | Crédito: Divulgação

 

CACHOEIRA E COZINHA CAIÇARA EM CAMBURI

Aos pés da Serra do Mar, no Sertão do Cacau, em Camburi, o Rio das Pedras forma uma queda d’água de 12 metros de altura, acessível por uma trilha que é um show à parte, repleta de árvores centenárias, incluindo uma imensa figueira. A caminhada dura menos de 40 minutos. Com acesso um pouco mais difícil (é preciso escalar algumas pedras), a parte de cima da cachoeira forma pequenas piscinas naturais de água transparente. Aproveite pra almoçar no Taioba Gastronomia (@taiobagastronomia), onde o chef Eudes Assis serve sua alta cozinha caiçara. Formado no Le Cordon Bleu, na França, ele rodou pela Europa, estudou com o mítico catalão Ferran Adrià e passou pela cozinha do Fasano de São Paulo, antes de resgatar suas origens, em Camburi. 

 

PONTOS DE DISTRIBUIÇÃO

 

ILHABELA

 

All Mirante Av. Governador Mário Covas Júnior, 16600 – Borrifos

Papagaio Av. José Pacheco do Nascimento, 8010 – Praia do Curral

Comandante Adriano Av. José Pacheco do Nascimento, 8086 (Pousada Praia do Curral) – Curral

Pimenta de Cheiro Av. São João, 86 – Perequê, Ilhabela

Ilha do Camarão R. do Meio, 68 – Vila

Rei da Praia Av. José Pacheco do Nascimento, 7746 – Curral

Bar SP R. Dr. Carvalho, 98 – Centro

Restaurante Viana Av. Leonardo Reale, 2300 – Praia do Viana

Restaurante Pedra do Sino R. Perimetral Norte 3775, Ilhabela

KitKat Ilhabela Conveniência SP-131, 1050 – Perequê

Tik Tac Adega & Mercado Av. Riachuelo, 7025 – Ribeirão

Ilha Flat Hotel Av. Princesa Isabel, 747 – Praia do Perequê

Hostel da Vila R. São Benedito, 202 Centro – Vila

DPNY Beach Hotel e Spa Praia do, Av. José Pacheco do Nascimento, 7668 – Curral

Hotel TW Guaiambê Av. Riachuelo, 5360 – Praia do Julião

Hotel Itapemar Av. Pedro de Paula Moraes, 341 – Saco da Capela

Hotel Mercedes Av. Leonardo Reale, 2220 – Praia do Viana

Hotel Boutique Ananas Av. Brasil, 2923 – Ilhote

Marujo Restaurante Av. Brasil, 1723 – Pedras Miúdas

 

UBATUBA

 

ALMADA

 

Caju Bar & Restaurante Rodovia BR 101 – KM 13,1 rua principal

Bar e Restaurante Almada Rodovia BR-101- Km 13, canto direito da praia

 

ITAMAMBUCA

 

Padang Restaurante e Pizzaria Av. de Acesso – Praia do Itamambuca, Ubatuba

Marinho Grelhados e Sushis Av. de Acesso, 538 – Praia do Itamambuca, Ubatuba

 

ITAGUÁ

 

Taco Surf R. Guarani, 746 – Barra da Lagoa, Ubatuba

Ubatuba Flats R. Martins Fontes, 260 – Itaguá, Ubatuba

Bagus Hotel e Bar Av. Leovigildo Dias Vieira, 446 – Itaguá, Ubatuba

Venice Bar e Grill Av. Prof. Chico Santos, 27 – Itaguá, Ubatuba

Jundu Restaurante Lounge Bar Av. Leovigildo Dias Vieira, 810 – Itaguá,

Raízes Restaurante e Pizzaria Av. Leovigildo Dias Vieira, 1281 – Itaguá, Ubatuba

 

PEREQUÊ-AÇU

 

Green Haven Hostel Av. Gov. Abreu Sodré, 1245 – Perequê-Açu, Ubatuba

Quiosque Girassol Av. Gov. Abreu Sodré, 685 – Perequê-Açu, Ubatuba

 

PRAIA DO TENÓRIO

 

Mansão Tenório R. Franklin de Tolêdo Piza, 750 – Tenório, Ubatuba

 

PRAIA VERMELHA

 

HOU Beach Club BR-101, Rod. Gov. Mário Covas, km 40 – Praia Vermelha do Norte, Ubatuba

 

PRUMIRIM

 

Jundu Praia Bar Rua, Vereda Dez, 159 – Prumirim, Ubatuba

 

SACO DO RIBEIRA

 

Voga Marine Av. Plínio França, 335 – Saco da Ribeira, Ubatuba

 

PRAIA GRANDE

 

Filipe Toledo Surf Store Av. Atlântica – Praia Grande, Ubatuba

 

SÃO SEBASTIÃO

 

BARRA DO SAHY

 

Drifter Hostel R. Izidoro Jorge, 487 – Praia Barra do Sahy, São Sebastião

Azul do Mar Av. Adelino Tavares, 451 – Praia Barra do Sahy, São Sebastião.

 

BARRA DO UNA

 

Iate Clube da Barra do Una Av. Magno dos P. Bittencourt, 809 – Praia do Una, São Sebastião

Giselle Restaurante e Bar Praia da, Av. Magno dos P. Bittencourt, 367 – Praia do Una, São Sebastião

 

CAMBURI

 

Lokahi Al. Antonio José Marques, 1150 – Praia de Camburi, São Sebastião

20 Pés Al. Antonio José Marques, 1100 – Praia de Camburi, São Sebastião

Hotel Spa Nau Royal Al. Patriarca Antônio José Marques, 1533 – Praia de Camburi, São Sebastião

Lanchonete Tubarão R. Urbelandia, 184 – Praia de Camburi, São Sebastião

 

CAMBURIZINHO

 

Laika Hostel Al Antonio José Marques, 720 – Camburizinho, São Sebastião

 

JUQUEHY

 

Badauê Juquehy Av. Mãe Bernarda, 2005 – Praia de Juqueí, São Sebastião

Juca Point R. Abelardo de Morães, 287 – Praia de Juqueí, São Sebastião

Pousada Bico Verde R. Tiradentes, 91 – Praia de Juqueí, São Sebastião

 

MARESIAS

 

Hotel Maui R. Passagem, 14 – nº 99 – Praia de Maresias, São Sebastião

Badauê Maresias Av. Dr. Francisco Loup – Praia de Maresias, São Sebastião

Beach Hotel Maresias Av. Dr. Francisco Loup, 1109 – Praia de Maresias, São Sebastião